Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

100 Histórias para Partilhar

Este blog pretende ser um espaço de partilha da prática pedagógica de uma educadora de infância. Todos os textos ,fotos e videos estão sujeitos ao RGPD.

100 Histórias para Partilhar

Este blog pretende ser um espaço de partilha da prática pedagógica de uma educadora de infância. Todos os textos ,fotos e videos estão sujeitos ao RGPD.

Dom | 26.05.19

Porque só temos este planeta para viver

Como sabem, durante o segundo periodo, fizemos a recolha do lixo de plástico produzidos pelas familias dos nossos meninos.

Em Conselho ( isto é, reunidos em grande grupo, tomamos as decisõesm que entre outras se prendem com o planeamento) decidimos fazer com todo o lixo recolhido, uma baleia. Esta instalação teria como objetivo chamar à atenção de toda a comunidade escolar para a dimensão do flagelo a que chamamos "PLÁSTICO".Como sabem , o plástico que consumimos, mesmo reciclado, já não desaparece do nosso planeta, isto é, será para sempre a marca da nossa pegada ecológica.

Posto isto, informamos que recolhemos 24,6 Kg de lixo plástico... ( pesado por nós).É muito lixo! 

Como somos 22 pessoas na nossa sala estes 24,6 Kg conferem mais do que 1 Kg de lixo plástico por pessoa, em três meses...imaginem isto multiplicado por todas as pessoas desta escola e durante um ano inteiro... Fazemos mesmo muito lixo...!

DSCN085911.jpg

Ao fazermos a escultura de uma baleia, quisemos dar o recado da emergencia climática em que nos encontramos, pois imensas espécies marinhas estão ameaçadas pelo plástico que consumimos e vai parar ao mar.

DSCN0928.JPG

DSCN0984.JPG

Feito este trabalho era importante fazer, junto da comunidade, uma campanha de sensibilização para este problema... foi o que fizemos!  A M. propôs fazermos um panfleto e irmos destribui-lo para a rua, na sexta feira fomos, junto das outras turmas da escola e na rua distribuimos o nosso panfleto.

DSCN098011.jpg

DSCN0985.JPG

Ser cidadão não é algo que se construa com lições de cidadania, mas sim exercendo-a através da intervenção social e participação na vida da comunidade. As crianças têm ideias e opiniões sobre o mundo que as rodeia e sobre as soluções para cada problema A forma como nós aqui na sala nos organizamos, pensando em conjunto soluções para problemas comuns a todos,  promove o envolvimento de cada um na procura do bem comum.  E assim se exerce a democracia e a cidadania.

escola azul.jpg

 

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.