Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

100 Histórias para Partilhar

Este blog pretende ser um espaço de partilha da prática pedagógica de uma educadora de infância. Todos os textos ,fotos e videos estão sujeitos ao RGPD.

100 Histórias para Partilhar

Este blog pretende ser um espaço de partilha da prática pedagógica de uma educadora de infância. Todos os textos ,fotos e videos estão sujeitos ao RGPD.

Dom | 18.10.20

Inventário da Matemática

Os inventários constituem um instrumento fundamental para as crianças se apropriarem de cada área de trabalho, identificando o material que existe e para que serve. À medida que as crianças vão diversificando as atividades também começam a ficar mais exigentes em relação à forma como se apropriam dos materiais da sala e  como consequência nas suas produções. Foi o que fizemos nesta terça-feira. Embora as crianças já tivessem nessa área, manipulando os materiais mas ainda não lhe imprimiam significado nem intenção.

A pares foram escolhidos jogos e materiais não estruturados para que as crianças os explorassem e depois comunicassem aos colegas o que tinham realizado.

“…as crianças constroem activamente entendimentos matemáticos ao interagirem com o ambiente físico e social que as rodeia e ao reflectirem sobre essas experiências.” (Kamii,1985 e outros, Manual de Investigação em Educação de Infância, p. 336)

Também Zabalza (1992) parece ter a mesma posição quando diz que «o aluno da escola infantil é um sujeito não sectorizável» (p. 47) e que «a escola infantil não aborda os conteúdos, entendidos estes em sentido restrito. É um mundo de experiências polivalentes em que os conteúdos desempenham um papel puramente instrumental: servem como oportunidade para a acção. [...] Falar de conteúdos, no contexto infantil, nada tem a ver a dimensão informativo-cultural que tal denominação adquire em outros níveis educativos» (pp. 159-60). Reforça esta ideia ao afirmar que «não se aplica à escola infantil [...] a ideia de que ensinar é “transmitir conhecimentos”» (p. 162).

Assim é neste sentido que os inventários são construídos; para conhecer, saber, explorar...

DSCN189511.jpg

DSCN189411.jpg

Após a exploração e o questionamento as crianças comunicam aos colegas o que estiveram a fazer :o que descobriram , que dúvidas lhes suscitou...

Por fim faz-se um registo para memória futura, isto para que possamos voltar a ler, a  saber o que dissemos...

DSCN1905.JPG

 

 

 

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.