Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

100 Histórias para Partilhar

Este blog pretende ser um espaço de partilha da prática pedagógica de uma educadora de infância. Todos os textos ,fotos e videos estão sujeitos ao RGPD.

100 Histórias para Partilhar

Este blog pretende ser um espaço de partilha da prática pedagógica de uma educadora de infância. Todos os textos ,fotos e videos estão sujeitos ao RGPD.

Dom | 02.02.20

O nosso primeiro projeto de fotografia.

A K. disse que gostaria de poder tirar fotografias. Ficou combinado que a Manuela iria ver se era possivel arranjar uma máquina instantanea e que quem quisesse entrar neste projeto teria que fazer o esboço(desenho) do objeto que queria fotografar e depos tiraria a fotografia. E assim fizeram.

DSCN127911.jpg

DSCN1284.JPG

DSCN1285.JPG

 

 

 

Dom | 02.02.20

Projeto: De onde vem a eletricidade?

O M colocou a questão e um grupo de meninos juntou-se a ele e foram investigar. Procuraram nos livros e decidiram fazer um cartaz para mostrarem o que pesquisaram e aprenderam.

DSCN139711.jpg

Já fizeram o fundo para o cartaz e estão na fase de o construirfazendo as ilustrações.

DSCN130011.jpg

DSCN1400.JPG

 

 

 

Sab | 01.02.20

E começaram os projetos

Começaram os projetos na nossa sala. Um grupo está a fazer um projeto de estudo  sobre as girafas: como são as girafas?

DSCN128811.jpg

Já fizeram a sua pesquisa

Decidram fazer um livero e para isso pintaram as folhas do mesmo.

DSCN130111.jpg

E estamos a ultimar os ultimos promenores

 

 

 

 

 

 

Sab | 01.02.20

Quantos rapazes e raparigas somos no nosso grupo.

A Manuela perguntou se nós sabíamos quantos eramos ? E também como estavamos distruidos . quantos rapazes e quantas raparigas.

Cada um fez o seu retrato e escreveu o seu nome  e colou-o na coluna correspondente. Depois contámos e verificámos que o grupo tem 12  rapazes e 12 raparigas.

DSCN129111.jpg

DSCN1393.JPG

Não é extraordinário?

Sab | 01.02.20

Descobertas de escrita

Andamos às voltas com as descobertas da escrita do nosso nome... que bocadinhos temos iguais uns aos outros, que letras temos iguais, se estão no fim ou no inicio do nosso nome.

E tudo comecou porque a C. disse que o seu nome tinha um bocadinho de Catarina. Decidimos pois, ir fazer essas descobertas. A pares , cada um com o seu nome fomos registando tudo o que tínhamos descoberto e depois comunicámos ao restante grupo.  

DSCN1374.JPG

A Manuela foi registando numa folha as nossas descobertas.

DSCN1386.JPG

DSCN1385.JPG

Não se pretende com estas atividades de descoberta que as as crianças aprendam a ler ou a escrever antes de entrar no 1.º Ciclo, apenas se pretende que a criança seja confrontada com o mundo da escrita e tenha interesse em pensar sobre ele.

“A aprendizagem escolar nunca parte do zero. Toda a aprendizagem da criança na escola tem uma pré-história.” (Vigostky,
1977, p.39); assim, surgiu uma nova concepção na qual se deu o nome de “literacia emergente”, fornecendo à criança o papel principal no que diz respeito à sua própria aprendizagem. Este é um processo que se inicia precocemente, sendo por isso fundamental proporcionar à criança situações em que possa explorar de forma funcional a linguagem escrita, permitindo-lhe através de circunstâncias do seu dia a dia, refletir sobre as características que esta tem associadas (Alves Martins & Niza, 1998).

 

 

 

 

 

 

Pág. 2/2